Cosmética,Pele

Como funcionam os esfoliantes?

Ao aprender como funcionam os esfoliantes, você terá um domínio maior sobre um dos fundamentos da limpeza de pele. Vamos conhecer?

como-funcionam-os-esfoliantes

Além da limpeza, tonificação e hidratação, a esfoliação é imprescindível quando se procura um equilíbrio da pele do rosto e do corpo. Ela promove uma pele lisinha, ajuda a eliminar marcas e manchas proporcionando uma aparência uniforme, hidratada e saudável.

Será que não é muito agressiva?

A limpeza profunda proveniente da esfoliação evita os indesejados cravos, espinhas e pelos encravados. Além disso, elimina as impurezas que se depositam nos poros e impedem a ação eficiente dos dermocosméticos, proporcionando um resultado mais eficaz destes produtos.

A esfoliação é a parte do cuidado com a pele responsável pela renovação das células removendo as mortas e estimulando a produção das novas, com mais colágeno.

E como funcionam os esfoliantes? A esfoliação pode ser feita de duas formas: a química e a física. Esta última é feita mecanicamente, removendo as células mortas através do atrito, com o uso de produtos que possuem partículas sólidas, sendo elas de tamanho pequeno ou grande e formato esférico ou com algumas arestas. São normalmente utilizadas sementes como apricot, uva, pêssego ou polietilenos em diferente granulometrias.

Já a esfoliação química é feita por meio de produtos compostos de ácidos, por exemplo, o lático, glicólico e Kójico . Eles agem no cimento intercelular que mantém as células unidas fazendo com que as células mortas se desprendam. Assim, a pele nova, fica em evidência, apresentando mais brilho e uma textura mais macia. Ao realizar a esfoliação, é muito importante manter a pele bem hidratada e não se esquecer da proteção solar.

Esfoliação cuidadosa

O esfoliante é indicado para todos os tipos de pele, seja oleosa, mista, normal e até mesmo a seca. As peles normais e ressecadas podem fazer esfoliações uma vez por semana, as oleosas até duas vezes e as sensíveis, no máximo, uma vez a cada 15 dias. No entanto, deve-se consultar um dermatologista que poderá indicar o produto correto e a periodicidade adequada para a realização do procedimento.

Para esfoliar corretamente, aplique o produto na ponta dos dedos e faça movimentos suaves e circulares, distribuindo-o em toda a pele. Não massageie a mesma área por mais de 30 segundos e lembre-se de que a pele deve estar meio úmida.

Em seguida, remova o produto com água enxaguando bem. Não esqueça de higienizar antes e hidratar depois que o processo for realizado, sempre com produtos específicos para o seu tipo de pele. Dessa forma, você terá uma pele mais bem cuidada e renovada.

O procedimento pode ser feito em todas as partes do corpo. Em áreas como pés, pernas, joelhos abdômen, costas, braços, cotovelos, colo e pescoço invista em grânulos maiores, que têm maior potência. Já no rosto, pode-se optar por esfoliantes mais suaves, já que é uma região sensível.

Uma dica final sobre como funcionam os esfoliantes

Fazer a esfoliação três dias antes da depilação ajuda a remover células mortas e afinar a pele, e depois, repetir o processo três dias após a depilação evita que os pelos se encravem.

Lembre-se que sua pele precisa de cuidado e já sofre várias agressões da poluição, das variações de temperatura, e aquelas causadas pelo uso de diversos produtos cosméticos entre outras. A esfoliação não deve ser mais um agente agressor e sim, uma aliada para manter sua pele sempre saudável e bonita.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *